VOLTAR

JULAR

O conceito TreeHouse

A Jular, empresa portuguesa, colaborou com a empresa de design e arquitetura Appleton & Domingos para desenvolver o conceito da Treehouse Riga, uma casa modular, construida utilizando um biomaterial a madeira certificada. A modularidade e fácil montagem/desmontagem, possibilita uma multiplicidade de disposições e áreas, adaptáveis às circunstâncias.

 

A sua referência no contexto da economia circular vem, sobretudo, através de duas vertentes:

  1. Modularidade: modularidade na construção permite ser mais produtivo no uso de recursos necessários, uma vez que o espaço de habitação pode ser expansível, redutível ou disposto de acordo com as necessidades do utilizador, podendo em alguns casos ser desmontável e assemblado noutro local. Nesse contexto, uma casa modular permitirá a aplicação de componentes que podem ser colocados e retirados com maior facilidade, melhorando a manutenção e reparação
  2. Materiais: as casas modulares permitem uma maior amplitude em termos dos materiais que podem ser aplicados, nomeadamente, componentes feitos a partir de materiais reciclados (p.e. isolamentos) componentes que podem ser reutilizados (p.e. pavimentos) ou materiais de fontes certificadas sustentáveis (p.e. madeira certificada). Conta-se também como elementos positivos a eficiência energética, redução na geração e resíduos, minimização de impactes ambientais no local de instalação e recuperação a praticamente 100% de todos os materiais aplicados na sua construção (p.e. passaporte de materiais, guia de recuperação)

O modelo de economia circular, como projetar e construir para uma construção eficiente, para uma capacidade de adaptação, uma alta produtividade e um baixo desperdício estrutural, representam uma grande mudança de mentalidade e comportamento para a indústria do meio ambiente construído.

 

Fontes: